Odontologia
107 Publicações -

Harmonização para iniciantes: mas afinal, o que é isso?

há 4 semanas     -     
Harmonização para iniciantes: mas afinal, o que é isso?

 

Harmonização para inciantes_ mas afinal, o que é isso_ (1).jpg (61 KB)

Você é dentista e está perdido nessa nova tissuname chamada Harmonização? Vem comigo que vamos entender o que é e como se encaixaria no dia a dia de seu consultório.

Um pouco da história:

Apesar da HOF na odontologia estar na moda, essa prática não é recente. Tudo começou no início dos anos 2000, quando surgiram algumas pesquisas sobre toxina botulínica para solucionar casos bem conhecidos por nós dentistas, como bruxismo, sorriso gengival e paralisias.

Em 2007 o diretor da RGO, Ricardo Cauduro, montou o primeiro curso de toxina botulínica para dentistas, e com isso se iniciaram as polêmicas sobre as limitações para atuação dos dentistas.¹

A partir dai, a HOF na odontologia passou por uma fase turbulenta, com uma  seqüência de resoluções partindo, principalmente, das entidades médicas, que buscavam exclusividade para atuar na HOF.

Porém a HOF já era um caminho sem volta neste momento. O CFO transformou a HOF em uma especialidade da Odontologia através da RESOLUÇÃO Nº 198, DE 29 DE JANEIRO DE 2019², acabando vitoriosamente com essa luta de mais de 10 anos, e incluindo de vez o CD na estética facial.

Dito tudo isso, não restam duvidas de que a face é nossa praia! Somos conhecedores da arquitetura óssea, suas implicações na beleza facial e desenvolvimento dos tecidos subjacentes, bem como correções oclusais intimamente ligados a devolução da beleza. E esse conjunto de atuações nós torna capazes de modificar, de forma integral e verdadeira, a harmonia facial do paciente.

Harmonização facial, o que é isso?

harmonização facial é uma especialidade que busca transformar o rosto e suas proporções. O que faz ela ser tão atrativa é o fato de ser menos invasiva do que a cirurgia plástica, com a maioria dos procedimentos executados em consultório.

Em busca da melhor versão do paciente, podemos atuar de varias maneiras:

- Modificando as características faciais;

- Correção de defeitos, marcas ou cicatrizes;

- Devolução de alguma característica perdida com o envelhecimento;

- Reposicionamento dos tecidos com ptose pelo envelhecimento

- Contorno e jovialidade nos traços e expressões.

Eu sei, ainda não ficou claro o que é a harmonização facial, né? Não tem problema, vamos falar de alguns dos procedimentos que compõem essa especialidade de forma separada, acho que assim ficará mais fácil para entender.

Toxina botulínica

Conhecida pelo nome comercial de seu fabricante mais famoso (BOTOX), a toxina botulínica (TB) é a mais potente toxina de que se tem conhecimento. Ela é a causadora do botulismo, doença fatal em decorrência da paralisia muscular desenvolvida³.

Há pouco mais de 20 anos a TB vem sendo utilizada na cosmiatria, atuando em rugas hipercinéticas da face. Sua ação consiste na paralisia parcial dos músculos onde é injetada, promovendo uma paralisia duradoura, porém reversível.

Sabe aquelas rugas que aparecem quando o paciente sorri, quando aperta o olho ou quando levanta a sobrancelha? São essa rugas, que aparecem quando movimentamos os músculos da face, que são chamadas de rugas cinéticas ou hipercinéticas. A toxina botulínica é indicada para esses casos, para rugas de movimento, já que ela irá atuar na paralisação do músculo e , consequentemente, do movimento.

Quando a ruga aparece mesmo com o paciente parado, sem movimentar nenhum músculo da face, classificamos como rugas estáticas. No momento do planejamento, ao identificarmos esse tipo de ruga, devemos alertar ao paciente sobre as limitações da técnica4.

Preenchimento facial

O preenchimento facial visa, como o próprio nome já diz, aumentar o volume cutâneo através de agentes de preenchimento6. Esse ganho de volume é indicado para resolução de diferentes queixas:

- Suavizar linhas de expressão 

- Suavizar rugas estáticas 

- Modificar o formato da face através do aumento de volume de áreas específicas ou do contorno de determinadas áreas do rosto.

- Reposicionamento dos coxins de gordura da face.

Muitos são os produtos disponíveis no mercado, porem, o ácido hialurônico (HÁ) é considerado “o preenchimento para todos os fins”5, por ter um baixo perfil de efeitos colaterais, com resultados previsíveis e replicáveis. O seu efeito é duradouro, porem reversível.

O HÁ é uma glicosaminoglicana presente naturalmente na matrix extracelular da derme. Por sua capacidade hidrofílica, proporciona sustentação da pele adicionando volume e hidratação. Por isso é altamente biocompatível. 

Diferente da Toxina botulínica (que demora ate 15 dias para fazer efeito) ,  a técnica de preenchimento com HA apresenta resultados imediatamente visíveis. Outra vantagem é a reversibilidade da técnica: por ser temporária os resultados indesejáveis são resolvidos espontaneamente6.

- Fios de PDO: 

Os fios de sustentação de polidioxanona (PDO) agem como bioestimuladores, atuando na formação de colágeno durante o processo de biodegradação do fio7.  O efeito Lifting se dá pelo reposicionamento dos tecidos da face com ptose seguido da neocolagenase decorrente da degradação do fio. 

Os Fios estão cada vez mais populares e tecnológicos, com uma infinidade de formatos e indicações. Uma vez posicionados na pele do paciente irão trabalhar como bioestimuladores, devolvendo vigor e elasticidade perdidos com o envelhecimento.

Essa técnica é relativamente segurança, sem necessidade de incisão (pouco invasiva), realizado com anestesia local e em ambiente ambulatorial. Outra vantagem é a naturalidade do efeito e sem cicatrizes7.

Considerações finais:

A harmonização facial engloba uma infinidade de técnicas, não daria pra falar de todas em um único artigo. A depender da queixa do paciente montaremos um planejamento adequado, selecionando a técnica mais indicada para resolução de cada queixa.

Naturalmente a pele sofre com processos inerentes ao envelhecimento, como hiperceratose, discromia, redução do número e da qualidade de colágeno e elastina, ptose dos tecidos adiposos subcutâneos dentre outros. Esse processo, apesar de inevitável, pode ser consideravelmente retardado7 atualmente, diante da infinidade de tratamentos e recursos presentes na HOF.

Apesar de serem inúmeras técnicas, todas tem uma coisa em comum: seja devolvendo uma característica perdida com o envelhecimento, seja corrigindo um problema ou criando novas proporções faciais, o intuito sempre será a busca pela melhor versão do paciente.



Materiais relacionados:

 Referencias:

1)https://contox.com.br/a-historia-da-harmonizacao-orofacial-hof-na-odontologia/

2)http://www.in.gov.br/materia/-/asset_publisher/Kujrw0TZC2Mb/content/id/61355738/do1-2019-01-31-resolucao-n-198-de-29-de-janeiro-de-2019-61355714

3)AYRES,Eloisa.SANDOVAL,Maria.Toxina botulínica na dermatologia: guia pratico de técnicas e produtos. 1.ed.Rio de Janeiro:GuanabaraKoogan, 2016.

4)KANE, Michael.SATTLER, Gerhard. Ilustrated guide to aesthetic botulinum toxin injectons- Basics|Localization|Uses. Rio de janeiro:Di Livros Editora,2016.

5)SATTLER,Gerhard.Guia ilustrado para preenchimentos injetáveis: bases, indicações, tratamentos.São Paulo: Quintessence Editora,2017.

6) SMAL,Rebecca.HOANG, Dalano. Guia pratico de procedimentos com preenchimentos cutâneos.Rio de Janeiro: Di Livros Editora,2013.

7) LOPANDINA,Irina. Fioa de PDO – Nova abordagem ao rejuvenescimento da pele.São Paulo: Multieditora,2018.

 

 

Quer ver seu texto aqui também?

Se inscreve no nosso Programa de Produtores de Conteúdo:
https://saude.editorasanar.com.br/produtores-de-conteudo/

107 Publicações - 0 Seguidores

Estamos aqui para revolucionar a odontologia e ajudar a você se aperfeiçoar cada vez mais.

Publicamos textos dos nossos colunistas, atualizações, inovações, notícias e o que andamos fazendo por aqui, na Sanar.

 

  • 107 Publicações