Logo Sanar

Carreiras

As principais Residências em Nutrição

Principais Residências Nutri.png (3.52 MB)

Residências em Nutrição:

De  acordo  com  os  dados  do  2°  trimestre  de  2019,  do  Conselho  Federal  de Nutrição, somos, 145.819 mil nutricionistas. Distribuídos sócio demograficamente, da seguinte forma:

 

Existem  diversas  oportunidades  para  o  nutricionista,  atuando  de  diversas formas, que podemos caracterizá-las da seguinte maneira:

 

  • Pós-graduação lato sensu: essa é a titularidade do nutricionista especialista, escolher uma especialidade para seguir a sua carreira é essencial.
  • Residência Multiprofissional:  a  residência  é  uma  excelente  escolha  após a  graduação,  pois  além  de  garantir  a  titularidade  de  especialista,  é  uma  pós- graduação com mais horas práticas do que teóricas.
  • Concursos Públicos: a estabilidade profissional e financeira do concursado são as grandes vantagens de ser concursado!
  • Atendimento Clínico e/ou Hospitalar:  essa  é  uma  escolha  mais  difícil,  a grande maioria das instituições de assistência privada não costumam contratar profissionais sem experiência ou sem pós-graduação.
  • Empreendedorismo: cresce cada vez mais as oportunidades para empreender na Nutrição, portanto, se você gostaria de ter o seu próprio negócio, a Nutrição também pode te proporcionar esse sonho!
  • Mestrado/docência: Existem aqueles que nasceram para ensinar e pesquisar, claro que o caminho é árduo, necessita de muita dedicação, porém a docência é uma ótima escolha e a grande maioria dos nutricionistas seguem esse caminho.

 

Além disso, de acordo com o Conselho Federal de Nutrição, as relações de trabalho dos nutricionistas estão distribuídas da seguinte forma:

Tabela principal.png (1.11 MB)

https://lh3.googleusercontent.com/VHmAqx-mr-dIsGDKUlKouZqiPTnZTYmlfyxxTolk2PZWvZriki_XLP54xfPs58tYJkILVn0reE0GxL7z61tbHrsnLnNe_ZyvL8Y2xwSZHVHF8GYL-5ulBLhuDJXWV918MuiCRuPK

Fonte: Conselho Federal de Nutrição

 

Áreas de atuação do profissional de Nutrição:

Existem inúmeras áreas de atuação ou especialidades na nutrição, abrangendo tanto  o  empreendedorismo  quanto  à  prática  clínica  e  hospitalar.  Normalmente escolhemos a nossa especialidade ainda na graduação, no entanto, nunca é tarde para se reinventar!

É muito importante abrir a mente para as grandes possibilidades que a Nutrição tem a oferecer, e aqui eu trago uma lista das principais especializações, ou áreas, encontradas em concursos, residências e também na iniciativa privada, para que você já pense no que gostaria de seguir:

Onde atuamos?

Gráfico.jpg (43 KB)https://lh6.googleusercontent.com/5zVVU2HkwlAGcQOktyasQ-UbqfJT5SHFTQcuP887KVRScaZw-0anw3wnvw-aGEp3dn2gVsswGlzibREJURaiyjqGRGz-ecedcp_oJiOaWOltGLafa5qHwC61vX7qFMldc1KMXSx1

Fonte: Conselho Federal de Nutrição

 

Mercado de trabalho para Nutrição:

Muito  há  de  se  ouvir  e  falar  sobre  o  mercado  de  trabalho  na  Nutrição.  O mercado é amplo e muitas vezes competimos com diversas áreas, como farmácia, engenheira  de  alimentos,  engenheira  química,  engenheira  de  produção  e  até mesmo a nutrologia.

Sendo assim, o profissional da nutrição precisa estar capacitado o suficiente para garantir sua valorização e a sua importância frente ao mercado de trabalho. Existem  excelentes  opções,  principalmente  de  concursos,  que  oferecem  grande estabilidade, como concursos para Nutricionista Fiscal, concurso Marinha, Ebserh etc.  Além  disso,  as  diversas  áreas  que  o  nutricionista  pode  percorrer,  como alimentação coletiva, clínica, bromatologia. Permite ao nutricista se reinventar e crescer cada vez mais!

No  entanto,  o  que  se  encontra  são  diferenças  salariais  entre  profissionais nutricionistas,  tanto  no  Brasil,  quanto  mundialmente.  Além  disso,  o  peso  do avanço tecnológico e das concorrências, nos obriga a uma constante busca por aprimoramento e conhecimento!

Trouxemos aqui, uma tabela do nosso Conselho Federal de Nutrição, mostrando como estão distribuídos os salários e os profissionais, de acordo com a área de atuação!

 

Obs: “N” significa o número de respondentes.

 

Tabela.jpg (86 KB)

Fonte: Conselho Federal de Nutrição


QUER SABER MAIS SOBRE AS ÁREAS DE ATUAÇÃO EM NUTRIÇÃO ? E QUAL CARREIRA SEGUIR?


 

A Residência em Nutrição:

A residência em Nutrição é uma modalidade de pós-graduação lato sensu, na forma de curso de especialização, sob a responsabilidade de uma Universidade.

O programa é desenvolvido em dois anos, possui carga horária de 60h/semana, divididas em assistência e pesquisa. Assegura-se ao nutricionista residente uma bolsa isonômica a todas as modalidades de residência no valor de R$3.330,00.

Então,  os  programas  de  residência  são  bem  concorridos  e  exigem  muita dedicação em seu estudo, pensando nisso, trago aqui uma lista das residências mais concorridas do Brasil!

 

Vamos te apresentar, em tópicos, todos os detalhes sobre Residência Multiprofissional: 

1. O que é a Residência Multiprofissional em Nutrição e como funciona?

2. Quais as especialidades e atividades possíveis na Residência em Nutrição?

3. Qual a visão do mercado sobre a Residência Multiprofissional?

4. Como ocorre o processo de seleção para se tornar um Residente Nutricionista

5. Assuntos mais recorrentes do edital para Residência em Nutrição

 

1. O que é a Residência Multiprofissional em Nutrição e como funciona?

 

A Residência Multiprofissional em Nutrição é uma especialização voltada para a educação em serviço, ou seja, durante o exercício da função. Trata-se de um programa de cooperação entre setores para favorecer a inserção qualificada dos jovens profissionais da saúde no mercado de trabalho, particularmente em áreas prioritárias do Sistema Único de Saúde.

 

O programa tem duração de 02 (dois) anos, com uma carga horária de 60 (sessenta) horas/semanais, sendo 80% do tempo destinado a atividade prática e 20%, teórica. O residente tem direito a uma folga semanal e a 30 (trinta) dias consecutivos de férias por ano, que podem ser fracionadas em dois períodos de 15 (quinze) dias. Os residentes recebem uma bolsa, sempre no primeiro dia útil do mês, financiada pelo Ministério da Saúde e pelo Ministério da Educação, no valor de R$ 3.330,43. Por esse motivo, devem ter dedicação exclusiva, não podendo desenvolver outras atividades profissionais nesse período.

 

2. Quais as especialidades e atividades possíveis na Residência em Nutrição?

 

Em 2019, foram lançadas mais de 1.000 vagas em editais para residentes em Nutrição em todo o Brasil. E em 2020, esse número irá crescer. 

 

Com provas concorridas, as oportunidades de curso são diversas, e dentre elas, estão:

  • Clínica
  • Oncologia
  • Oncologia pediátrica
  • Saúde da mulher
  • Saúde da criança
  • Cardiologia
  • Cardiopneumologia
  • Assistência em diabetes
  • Neurologia
  • Nefrologia
  • Neonatologia
  • Paciente crítico
  • Transplante
  • Urgência
  • Hematologia
  • Atenção hospitalar
  • Infectologia
  • Vigilância em saúde
  • Vigilância sanitárias
  • Aleitamento materno

Além das especializações citadas, outras diversas podem ser trabalhadas de acordo com a instituição hospitalar, universitária ou instituto em questão. O programa de residência pode ser dividido num primeiro momento, onde há vivências mais curtas e gerais dos diversos ambientes hospitalares; e o segundo ano, no qual o residente pode optar pela ênfase na sua formação.

 

A grande maioria das residências atuais em Nutrição são recentes, e encontram-se em constante processo de construção e amadurecimento. A cada novo ano, aprendizados são adquiridos pela vivência, pelos resultados de ações tomadas, por mudanças de estratégias, por transformações nos campos de atuação. Consequentemente, as especializações têm ficado cada vez mais aprimoradas e reconhecidas.

 

O trabalho teórico é desenvolvido através de aulas, apresentações de trabalhos, discussões de casos clínicos e participações em eventos durante a semana. É necessário cumprir uma carga horária mínima de 75% desses trabalhos para conquistar seu título de Especialista. Já a parte prática refere-se ao trabalho em campo, incluindo plantões, quando necessário (conforme escala pré-estabelecida). No final do programa, o residente deve apresentar um Trabalho de Conclusão do Programa (TCP). Este trabalho está incluso na estrutura de disciplinas do programa e é imprescindível para a sua formação de residente.

 

Todo residente conta com o suporte de um preceptor - profissional com experiência prática na área em que você está residindo - e de um tutor, que precisa ser um docente de instituição de ensino superior. O primeiro, é aquele que vai orientar você e os seus colegas de residência, os ajudando com os casos clínicos, as aulas teóricas, sanando dúvidas e avaliando as suas atuações.

 

3. Qual a visão do mercado sobre a Residência Multiprofissional?

Assim como para outras formações de saúde, a Residência em Nutrição coloca o profissional em vantagem extremamente competitiva no mercado. Além disso, o exercício do aprendizado prático e multiprofissional “rompe com a lógica tradicional de delimitação estreita de fronteiras profissionais, promovendo a integração entre saberes e práticas multiprofissionais no cotidiano das equipes de atenção à saúde”, opina a vice-presidente de Ensino, Informação e Comunicação da Fiocruz, Nísia Lima.

 

O profissional egresso de um programa de Residência é muito valorizado no mercado de trabalho, porque, a formação é considerada atualmente como a melhor forma de capacitar um profissional da saúde. Isso pode ser visto, inclusive, em alguns editais de concursos públicos, que pontuam diferentemente os portadores de títulos de especialização com menor carga horária, em relação aos egressos de programas de Residência

 

Os cursos de residência multiprofissional agregam ao Nutricionista conhecimento, prática e experiência valorizados no mercado de trabalho não apenas no seu ingresso hospitalar particular ou junto ao Sistema Único de Saúde, bem como na prática clínica de mercado - acrescentando valor curricular, financeiro e de conhecimento ao profissional.

 

4. Como ocorre o processo de seleção para se tornar um Residente Nutricionista

Para ingressar em uma Residência de Nutrição, o estudante precisa ser aprovado no processo de seleção realizado por instituições que oferecem essa modalidade de especialização – geralmente centros universitários e universidades de todo país. A taxa de inscrição é de aproximadamente R$ 200 para cada prova, podendo ser um pouco mais ou menos - a depender do edital.

 

A estrutura de cada um desses processos irá variar de acordo com os editais apresentados pelas instituições, mas normalmente são seguidas essas etapas:

 

a) Prova de Conhecimentos Gerais e Específicos

 

b) Análise de Currículo

 

c) Entrevista

 

Na Prova de Conhecimentos Gerais, as provas têm questões de assuntos que independem da especialização da sua residência, como os vinculados a Saúde Pública, Língua Portuguesa e códigos do Sistema Único de Saúde (SUS). Já nas de Conhecimento Específico, haverá questões do conteúdo programático estudados na faculdade de nutrição, podendo ser fáceis, medianas ou difíceis.

 

Nas etapas de entrevista e avaliação de currículo é importante destacar as atividades extracurriculares exercidas durante a graduação: Iniciação científica, monitoria, publicação de trabalho, apresentação de pôster, projetos de extensão.

 

5. Assuntos mais recorrentes do edital para Residência em Nutrição

 

Dietoterapia (27%): O assunto mais cobrado nas provas para ingressar em uma residência trata da melhor intervenção dietoterápica para as diferentes enfermidades do corpo humano, indo das carências nutricionais às patologias mais complexas.

 

Fisiopatologia (13%): Essa disciplina foca nos aspectos fisiopatológicos e dietéticos das diferentes patologias do corpo humano, abrangendo: sistema gastrointestinal, nervoso, cardiovascular, renal etc. Há ainda uma abordagem importante para os pacientes imunodeprimidos, com câncer, queimados, com sepse ou após cirurgias.

 

Avaliação Nutricional (12%): Esta disciplina é caracterizada por abordar métodos diretos de avaliação nutricional em indivíduos e grupos populacionais. Além disso, aborda avaliação clínica, bioquímica e antropométrica individual e em diferentes grupos populacionais. Estatísticas demográficas, estudos socioeconômicos e de consumo alimentar são temáticas também fazem parte da Avaliação Nutricional.

 

Saúde Pública (9%): Essa disciplina abarca o panorama das ações de nutrição em saúde pública, desde os principais programas de nutrição desenvolvidos, até o planejamento de intervenções que dizem respeito à nutrição e à saúde pública.

 

Nutrição e Dietética - Normal III e IV (8%): Aqui, o foco é prescrever planos dietéticos para indivíduos saudáveis nos diferentes ciclos da vida, utilizando a dietética como instrumento para garantir o atendimento às recomendações nutricionais. Aqui também é abordada a análise crítica do atendimento às recomendações nutricionais a nível populacional.

 

Nutrição Enteral (6%): Para dominar essa disciplina, estude bem as vias de alimentação, vias de acesso ao trato gastrointestinal, métodos de administração e classificação das diferentes fórmulas enterais.

 

Materno Infantil (6%): Esta disciplina contempla a nutrição da gestante e na lactação, os processos de crescimento e desenvolvimento e os fatores relacionados à eficiência reprodutiva. Nutrição da criança sadia durante a primeira infância e a do recém-nascido de alto-risco também são tópicos abordados nesta disciplina.

 

As provas também têm questões de assuntos gerais que independem da especialização da sua residência, como os vinculados a Saúde Pública e códigos do Sistema Único de Saúde (SUS).



Residências mais concorridas em Nutrição:

Tabela.jpg (86 KB)

 


Confira nosso Mapa de Residências e encontre a que mais lhe agrada!


 

As três principais áreas de residência em Nutrição: 

 

CLÍNICA: 

O objetivo da Residência em Nutrição Clínica é qualificar o nutricionista, por meio do treinamento em serviço, para assistência nutricional ao paciente na área de Nutrição Clínica e Terapia Nutricional.

 

O nutricionista dessa área precisa ter o domínio dos seguintes assuntos:

  • Macronutrientes: características, digestão, absorção e metabolismo. Vitaminas e Minerais: Funções, recomendações, carências e excessos.

 

  • Terapia nutricional oral, enteral e parenteral. Terapia nutricional: Doenças do aparelho digestivo e órgãos anexos; Cirurgias; SIDA; Obesidade.

 

  • Doenças do aparelho cardiovascular; Doenças neurológicas; Diabetes; Doenças Renais; Paciente crítico; Câncer; Doenças pulmonares; Trauma e Queimados; Transtornos alimentares. 

 

  • Terapia nutricional em pediatria: Fibrose Cística, Doença Celíaca, Alergia alimentar; Doenças do trato digestório, doenças cardiorrespiratórias, doenças neurológicas. 

 

SAÚDE DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE:

Na Residência em Saúde da Criança e do Adolescentes, as disciplinas mais estudadas são: materno infantil e nutrição nos ciclos da vida. Além dos seguintes assuntos: 

  • Digestão, absorção e metabolismo dos macronutrientes; Vitaminas e Minerais: Funções, recomendações, carências e excessos.

 

  • Mecanismos de absorção e utilização dos nutrientes pelo organismo, suas funções e biodisponibilidades nas dietas nas situações de saúde e doença, com ênfase nas doenças do Trato gastrointestinal. 

 

  • Promoção, manutenção e/ou recuperação da saúde, contribuindo para melhor qualidade de vida do paciente, pautado em princípios éticos, com reflexão sobre a realidade econômica, política, social e cultural; Dietoterapia e orientação nutricional na alta hospitalar.

 

  • Alimentação de qualidade, equilibrada com aporte de nutrientes necessários à promoção, manutenção e/ou recuperação da saúde; Identificação de pacientes em risco nutricional; Aspectos fisiológicos e nutricionais em pediatria; Avaliação nutricional de pacientes em risco nutricional e desnutridos; Obesidade.

 

  • Excesso de peso/obesidade como fator de risco de hipertensão e diabetes na infância e adolescência. Terapia Nutricional; Transtornos alimentares. 

 

  • Estudos de caso e trabalhos científicos. Alergia alimentar. Doenças do trato digestório. Terapia nutricional oral nas doenças do aparelho cardiovascular, diabetes e doenças pulmonares. 

 

O Programa de Residência Multiprofissional em Saúde da Criança e do Adolescente constitui-se em uma cooperação intersetorial para favorecer a inserção qualificada dos profissionais da saúde no mercado de trabalho, particularmente em áreas prioritárias do Sistema Único de Saúde (SUS).

 É desenvolvido em regime de dedicação exclusiva, com 60 horas semanais e realizadas sob supervisão docente assistencial de responsabilidade conjunta dos setores da educação e da saúde. 

O programa objetiva: 

1. Qualificar o egresso na identificação dos fatores condicionantes e agravantes da situação de saúde, com foco na atuação intersetorial e integral. 

2. Promover a produção do conhecimento científico para o aperfeiçoamento das práticas multiprofissionais e em áreas diversas, em pediatria. 

3. Fortalecer o trabalho interdisciplinar, estimulando a transversalidade e as redes de articulação entre trabalhadores. 

4. Desenvolver competências para viabilizar novos cenários de saúde, atuando numa perspectiva de descentralização, nos diversos níveis de atenção, promovendo uma rede regional integrada. 

 

URGÊNCIA E EMERGÊNCIA

A Residência em Urgência e Emergência é uma área que tem crescido nos últimos anos e que requer uma atenção redobrada. Áreas como Avaliação nutricional e Terapia Nutricional são as mais abordadas. Além de: 

  • Conduta nutricional seguida de prescrição dietética. Plano de intervenção nutricional e o acompanhamento do indivíduo/ou da comunidade. 

 

  • Programas e atividades de educação nutricional. Programas e atividades de vigilância nutricional alimentar e sanitária em serviços de urgências. 

 

  • Atenção nutricional na comunidade, domiciliar, ambulatorial e hospitalar. Obesidade. Doenças do trato digestório. Paciente crítico. Terapia nutricional Enteral e Parenteral no paciente crítico. 

 

  • Atribuições do nutricionista e demais integrantes na equipe multiprofissional, no que se refere a gestão e assistência na área de alimentação, nutrição e saúde em serviços de urgências. Síndromes metabólicas. Alergia alimentar. 

 

  • Terapia nutricional oral nas doenças do aparelho cardiovascular, diabetes e doenças pulmonares.

 

  • Desenvolver práticas integradas, buscando a melhoria da qualidade da assistência ao paciente nas diversas modalidades de atenção.

 

  • Avaliar o estado nutricional do paciente, mediante interação com a equipe multiprofissional para apreender informações do diagnóstico clínico e exames laboratoriais e associar a anamnese alimentar e exames antropométricos.

 

  • Conhecer os principais aspectos epidemiológicos das patologias neurológicas, bem como aspectos socioeconômicos da população atingida. 

 

  • Compartilhar com a equipe, a prescrição da dieta baseada na avaliação nutricional, diagnóstico e evolução clínica do paciente, estabelecendo as características físicas e químicas, a oferta energética, os alimentos integrantes e sua forma de preparo e ingesta, que deverá integrar ao projeto terapêutico específico.

 

  • Fazer o registro de nutrição (prescrição e evolução da dieta) no impresso da equipe multiprofissional.

 

  • Avaliar, sistematicamente, a evolução do estado nutricional do paciente, discutindo com a equipe reajustes ou alterações da conduta dietoterápica adotada; Realizar vigilância nutricional.

 

Vou deixar uma lista dos assuntos TOP 5, mais recorrentes nas residências, esses assuntos são aqueles de competência geral do nutricionista e que independente da especialidade escolhida, cairá na sua prova:

  • Dietoterapia
  • Avaliação Nutricional
  • Nutrição Materno e Infantil
  • Técnica Dietética
  • Fisiopatologia

O que você acha de ser aprovado em uma Residência? Comece desde hoje a se preparar! Aqui vai uma lista dos melhores preparatórios para residências em Nutrição:

 


Comece já a sua preparação!


 

Agora você já está super informado para dar um grande passo na sua carreira para a Nutrição! Mantenha em mente que todo esforço é recompensado e que sua dedicação profissional nunca será em vão.

A tão sonhada carreira pública, cheia  de  benefícios  para  você  pode  ser alcançada, é só se planejar e começar a sua preparação. Lógico que estamos aqui para ajudá-los nesse caminho!

Não importa se a sua escolha é concurso ou residência, prefeitura ou EBSERH, nós temos os melhores produtos e a melhor didática para garantir a sua aprovação!

 

Então, cola com a Sanar, que a gente sabe te aprovar e bons estudos!

Cursos.jpg (62 KB)

https://lh4.googleusercontent.com/A9IoWJ1cno77PMwG5FXlB0ePgCU4jd1zd6sniqzOOsY1FtYfL8CvSfSeKggZcMgPtnd4eXVn88qisloAZeEnDxSUOuY4AzkeMHEr_iT10t61NeWMgPObovuVrc3nfh_tWD_Mu9dx?

blog-rodape_resid-2020.jpg (367 KB)

 

 

Cadastre-se para ter acesso personalizado ao conteúdo completo da Sanar.