Logo Sanar

Carreiras

Tudo sobre a carreira do dentista

carreira dentista tudo.png (1.09 MB)

O profissional formado em Odontologia é responsável, principalmente, pela saúde bucal das pessoas. Entretanto, como em qualquer área da saúde, o dentista deve ser capacitado a avaliar o seu paciente de uma maneira geral, dispondo de características exigidas à assistência dos mesmos.
Assim, além de ter os conhecimentos técnicos exigidos pela profissão, é importante saber lidar com as pessoas de forma humana, sentir prazer em cuidar, e ter sensibilidade para lidar com a situação do seu paciente como um todo.

O dentista é um profissional apto a atuar na prevenção, diagnóstico através de exames clínicos, radiográficos e laboratoriais e, a partir daí propor o tratamento mais adequado.
Além disso, atualmente, os profissionais de Odontologia vem se capacitando para realizar também, procedimentos estéticos envolvendo a região facial.

Por ser um campo de atuação amplo, existem várias áreas de especialização em Odontologia que abrangem os diversos interesses dos profissionais, oferecendo oportunidades para que o profissional possa optar por trabalhar na área em que melhor se identifica.
A escolha da especialização vai depender muito mais das preferências, habilidades e objetivos do profissional do que propriamente da área escolhida.

Um profissional de Odontologia pode atuar em diversas especialidades, dentre elas, temos:
 

  • Endodontia
  • Periodontia
  • Ortodontia
  • Prótese
  • Implantodontia
  • Dentística
  • Odontopediatria
  • Odontolegista
  • Cirurgia e traumatologia bucomaxilofacial
  • Harmonização Orofacial

 

Vamos falar um pouco sobre cada uma delas:

 

O que faz um Endodontista?
 

- Endodontia é a especialidade que cuida do interior do dente. As terminações nervosas e a irrigação sanguínea do dente compõem a polpa, que é a parte de interesse dessa área da odontologia. Assim, o Endodontista realiza o tratamento do canal do dente, para reparar e salvar aqueles que estejam muito danificados ou infectados.

 

 

O que faz um Periodontista?

A periodontia é uma especialidade que cuida das estruturas nobres que estão ao redor do dente: Gengiva, osso e ligamento periodontal. O periodontista realiza um tratamento que minimiza os processos inflamatórios e infecciosos da gengiva, que é o tecido que reveste o osso, promovendo sustentação aos dentes.

 

O que faz um Ortodontista?
 

Ortodontia é a especialidade que corrige a posição dos dentes e dos ossos maxilares que estão posicionados de forma inadequada. Esse problema pode levar à perda precoce dos dentes, pois a limpeza se torna mais difícil de ser realizada, podendo causar doença periodontal. Além disso, esse mal posicionamento acarreta estresse aos músculos de mastigação que podem resultar em,síndrome da ATM e dores na região do pescoço, dos ombros e das costas. E, por fim, essa correção melhora a estética do paciente, o que geralmente é a queixa principal.

 

O que faz um Protesista?
 

O protesista é o especialista que orienta a confecção de todos os tipos de próteses dentárias, definindo qual a melhor opção para a necessidade de cada paciente. Dentre os tipos de prótese, temos: PPR (Prótese Parcial Removível); PT (Prótese total); PF (Prótese fixa); Próteses sobre implantes; Coroas e facetas em porcelana.

 

O que faz um Implantodontista?
 

É a especialidade que capacita o profissional a realizar implantação de materiais aloplásticos (implantes de titânio) na mandíbula e na maxila, que funciona como substituto da raíz do dente para suportar próteses unitárias, parciais ou removíveis e próteses totais. O implantodontista deve dominar as técnicas cirúrgicas específicas ou nas colocações de implantes; realizar a manutenção e controle dos dos mesmos; e, quando necessário, realizar cirurgia de enxertos ósseos e gengivais.

 

O que faz um dentista especialista em Dentística?

A dentística é a área da odontologia designada a questões estéticas relacionadas aos dentes e gengivas. Um especialista pode realizar uma série de tratamentos para a recuperação do sorriso que estejam comprometidos por problemas como: manchas, desgastes no esmalte ou estrutura dental e destruições causadas por doenças como a cárie.Para isso, o dentista utiliza materiais como resina composta (e amálgama), para devolver a função e a estética dos dentes.
Ademais, a evolução dos materiais dentárias vem possibilitando cada vez mais o número de técnicas nesse ramo. O especialista em dentística atua fazendo procedimentos estéticos como clareamento dental, facetas, lentes de contato, fechamento de diastemas, entre outros.

 

Qual o manejo de um Odontopediatra?

O paciente odontopediátrico apresenta algumas peculiaridades comparado ao adulto, o que torna necessário conhecê-las para realizar o atendimento individualizado.
O Odontopediatra são capazes de acompanhar as mudanças que acontecem ao longo dos anos, tanto fisiológicas quanto emocionais, sendo assim, é o profissional mais capacitado para atender essa faixa etária.

Como é realizado o trabalho do Cirurgião Buco Maxilo Facial?
 

A cirurgia e traumatologia bucomaxilofacial é uma especialidade que trata as doenças da cavidade oral e seus anexos, tais como: traumatismos e deformidades faciais, traumas e deformidades dos maxilares, envolvendo a região compreendida entre o osso hióide e a parede anterior do seio frontal de baixo para cima, e do tragus à pirâmide nasal, de trás para diante.
A cirurgia bucomaxilofacial é de âmbito ambulatorial ou hospitalar. Nos ambulatórios ou consultórios são exercidas cirurgias menores, geralmente sob anestesia local, pare remoção de dentes inclusos, pequenos tumores benignos, cistos, lesões periapicais, implantes dentários e cirurgias para adaptações protéticas.
As cirurgias de grande porte são realizadas sob anestesia geral em ambiente hospitalar, já que demandam mais cuidados. São elas: Cirurgias de grandes tumores; Fraturas faciais; Cirurgias ortognáticas, entre outras.

Harmonização Orofacial (HOF) na Odontologia

Quando um CD analisa um paciente, está em busca da integração da face com sorriso, dentes, lábios, medidas ósseas faciais, conseguindo realizar uma estética facial mais harmônica. Este conhecimento mais amplo do CD o diferencia de outros profissionais da saúde na atuação em HOF. Atualmente, por meio de técnicas especiais é possível equilibrar a parte funcional e estética da face, tudo isso dentro do consultório.
A toxina botulínica é uma das principais técnicas usadas no tratamento estético orofacial. Sua ação além de estética, é terapêutica funcional, de forma que minimiza problemas que comprometem a qualidade de vida dos pacientes, como o sorriso gengival, o bruxismo e as dores de cabeça tensionais.

Qual o trabalho de um Odontolegista?

O Odontolegista pode trabalhar na identificação humana, perícia em foro criminal, tanatologia forense, laudos e pareceres, traumatologia odonto legal, balística forense, entre outras atividades.
E, além de atuar no desvendamento de crimes, o odontolegista também desempenha importante papel nas áreas cível, trabalhista e administrativa. A função também do odontolegista também é importante, na prática, para ações de indenização em decorrência de erro praticado por cirurgiões-dentistas, assim como na identificação de criminosos e de pessoas vítimas de desastres aéreos e incêndios.

 

Oportunidades de trabalho para o Cirurgião Dentista

O principal local de trabalho do dentista é em consultórios odontológicos, podendo trabalhar em clínicas que contratem dentistas, sendo autônomo (recebendo pelos pacientes que atende) ou sendo um funcionário (tendo um salário fixo).

Porém, para um dentista recém-formado montar um consultório é uma opção bastante arriscada, já que o mercado está cada vez mais competitivo, e muitas vezes, bem saturado. Além disso, é necessário um grande investimento em materiais e equipamentos, que geralmente, não é viável logo no início da carreira.

É notório que, apesar de todo o conhecimento adquirido no ambiente acadêmico, a capacidade de exercer nossa profissão com segurança só ocorre quando são iniciadas as experiências individuais no dia a dia. O cargo público, além de oferecer essa oportunidade de aprendizado, o profissional recém-formado estará trabalhando de forma conjunta com outros profissionais, tendo a chance de receber auxílio quando necessário e assim, adquirir um maior conhecimento associada à experiência.
Sendo assim, a opção mais viável é procurar uma alternativa como prestar um concurso público.

No setor público existem as mais diversas oportunidades, principalmente na saúde pública e nas prefeituras municipais. E, além dessas, há os concursos das forças armadas, que oferecem salários bastante atrativos.

A carreira de odontologia militar está em constante crescimento graças ao nível do trabalho, que é dedicado à pesquisas e cursos de capacitação, tornando os dentistas do exército, profissionais cada vez mais qualificados e referência em atendimento clínico.

E isso acontece também no Exército, Marinha, Aeronáutica, Polícia Militar e corpo de bombeiros que atualmente têm um amplo quadro de dentistas, afirmando a valorização dessa área da saúde bucal para o regime militar.

Além dessas áreas, os profissionais de Odontologia também exercem um importante papel na área acadêmica.
Essa área se dedica a pesquisas científicas com o intuito de obter mais informações sobre determinado assunto, contribuir para a melhoria de algo, e passar conhecimento. Para trabalhar em uma universidade pública é preciso passar por um concurso, ou como temporário, já em faculdades particulares o o o currículo acadêmico é o que importa.

Em algumas cidades os salários não altos, mas trabalhar em um cargo público fornece a estabilidade financeira inicial que é necessária a todo profissional recém-formado.
Há uma razoável oferta de concursos públicos para profissionais de Odontologia nas mais diversas instituições – desde a Polícia Militar até universidades públicas.  Os ganhos podem ultrapassar os R$ 10 mil.

Veja alguns exemplos de concursos recentes:

  • Prefeitura de Fernandes Pinheiro (PR): R$ 10.848
  • Polícia Militar de São Paulo: R$ 5.897
  • Universidade Estadual de Campinas: R$ 6.500
  • Força Aérea Brasileira (FAB): R$ 8.100
Cadastre-se para ter acesso personalizado ao conteúdo completo da Sanar.