Todas as Áreas

Carreiras

Na graduação, mas de olho na residência | Colunista

Na graduação, mas de olho na residência | Colunista

E aí, meus amigos da saúde? Têm interesse em saber mais sobre residência? Quer melhorar o seu currículo, mas não sabe como? Calma seus problemas acabaram! Se é a residência que você sonha, vamos alcançar juntos!

Para chegar à esse objetivo precisamos de um planejamento a curto, médio e longo prazo. Esse planejamento tem que ser realista, de acordo com a sua realidade de vida. Não adianta planejar e não conseguir cumprir.

A graduação é o melhor momento para começar a turbinar o currículo com atividades extracurriculares. Não faltará oportunidades para dar o primeiro passo nessa corrida. Não podemos perder tempo. Vem comigo que te explico tudo!

A residência multiprofissional é uma pós-graduação lato sensu com o foco em profissionais recém-formados na área da saúde. Com forma de especialização profissional, por ensino em serviço, tem uma carga horária de 60 horas semanais. Cansativo, não é mesmo?

Porém, os benefícios são muito maiores!!! O residente ganha uma bolsa com durabilidade de 2 anos ou 3 anos e ainda sai com uma especialização. É uma ótima oportunidade para entrar no mercado de trabalho com o pé direito.

Agora, se você é daqueles que estuda tudo sobre o assunto, mas quando chega na hora bate aquele branco. Aqui vão algumas dicas:

  • Você estudou muito, lembre- se disso.
  • Você deu o seu melhor, acredite nisso.
  • Faça exercícios físicos no processo de preparação para residência.
  • A sua saúde mental é tão importante quanto o seu sucesso na prova.
  • Utilize mapas mentais, fichas e pequenos resumos. Vão garantir aquela sensação de matéria toda revisada.

Divisões do planejamento

Curto prazo

Tudo que tem duração, em média, de 3 meses. Podemos incluir aqui simpósios, cursos extracurriculares, estágios de férias, participação em congressos, voluntariado na sua área.

Médio prazo

Tudo que tem duração em média de 6 meses. Podemos incluir aqui ligas acadêmicas e acredite elas podem turbinar o seu currículo, as ligas acadêmicas sempre estão em eventos fora ou dentro da faculdade, participam de simpósios e ainda geram oportunidades como publicar artigo, cartilhas e certificados em nome da liga.

Se sua faculdade não tem, não desanime! A maioria das ligas permite alunos de outras instituições.

Longo prazo

No planejamento a longo prazo podemos pensar em tudo que tem duração média de 1 ano ou mais. Podemos incluir aqui a elaboração de um artigo científico, auxiliar na escrita de um livro acadêmico, participar de laboratórios, começar iniciação científica e monitoria.

Definitivamente, o processo para turbinar o currículo durante a graduação é trabalhoso, mas vale muito a pena, pois as oportunidades de como participar de ligas acadêmicas, iniciação científica e monitorias, não terá depois de formado, então se joga no planejamento. Quanto antes começar melhor!!

Matérias relacionadas:

Referências

PORTARIA INTERMINISTERIAL MEC/MS Nº 1.077, DE 12 DE NOVEMBRO DE 2009 Diário Oficial da União; Poder Executivo, Brasília, DF, 13 nov. 2009. Seção I, p.7 REVOGA A PORTARIA INTERMINISTERIAL MEC/MS Nº 45, DE 12-01-2007 ALTERADA PELA PORTARIA INTERMINISTERIAL MEC/MS Nº 1.224, DE 03-10- 2012. Acesso em 22 de agosto de 2020.

Comissão de Residência Multiprofissional Universidade de São Paulo (COREMU). Disponível em https://prceu.usp.br/residenciamulti/a-residencia/. Acesso em 22 de agosto de 2020

Cadastre-se para ter acesso personalizado ao conteúdo completo da Sanar.
Cadastre-se para ter acesso personalizado ao conteúdo completo da Sanar.