Logo Sanar

Carreiras

Analista clínico: o que faz um farmacêutico na área das análises clínicas? | Colunista

Analista clínico_  o que faz um farmacêutico nas análises clínicas_.jpg (64 KB)

Também chamado de farmacêutico bioquímico, o farmacêutico analista clínico atua em laboratórios de análises clínicas e toxicológicas. Atualmente, outros profissionais também podem atuar nesta carreira, como o biomédico, o que ocasionou um aumento da competição pelo mercado. Mas isso não quer dizer que não seja uma área promissora, mas que é necessário qualificação para se manter no mercado.

As análises clínicas são muito importantes para que outros profissionais, como médicos, nutricionista e farmacêuticos clínicos, possam ter uma linha de raciocínio mais clara, podendo tomar melhores decisões. É muito importante também para ter uma maior certeza nos seus diagnósticos e acompanhamentos dos seus pacientes, comprovando também bons ou ruins resultados de tratamento.

Quem regulamenta a área do farmacêutico bioquímico é o Conselho Federal de Farmácia, através da Resolução nº 514 de 25 de novembro de 2009. Essa lei regula o título de Farmacêutico Bioquímico. Regulamenta as atribuições legais e regimentais, assim como, a liberdade de exercício, trabalho ou profissão e qualificações do profissional.

Para exercer a função de farmacêutico bioquímico, é imprescindível estudos e expertises em algumas áreas, então é muito importante que o profissional saiba sobre:

  • Bioquímica;
  • Biologia molecular;
  • Patologia;
  • Citologia e Citopatologia;
  • Qualidade Laboratorial;
  • Químicas, como analítica e instrumental.

ONDE ELE PODE ATUAR?

Ele pode atuar em diversas áreas, como:

  • Na realização de exames laboratoriais;
  • Exames toxicológicos;
  • Gerenciando laboratórios;
  • Gestão do setor;
  • Pesquisa e extensão na área toxicológica e de análises clínicas;
  • Docência;
  • Consultoria na área;
  • Garantia de qualidade em laboratórios clínicos;
  • Citopatologia;
  • Exames imunológicos;
  • Análises microbiológicas, parasitológicas e micológicas;
  • Métodos de biologia molecular.

Onde ele pode trabalhar?

Pode atuar em laboratórios de análises clínicas particulares e públicos, laboratórios de análises toxicológicas, laboratórios hospitalares, entre outros.

Qual a faixa salarial?

O salário deste profissional pode variar entre R$ 1.200,00 a R$ 10.000,00.

COMO SE TORNAR UM FARMACÊUTICO BIOQUÍMICO?

Para atuar em um laboratório de análises clínicas, você deve cursar a graduação em farmácia, e fazer uma especialização em Análises Clínicas.

É muito importante se manter atualizado, visto que este setor sofre constantes mudanças tecnológicas, exigindo assim constante capacitação. Destacando também, profissionais com bom domínio em inglês, e um diferencial se souber outras línguas, como o espanhol.

Matérias relacionadas:

post_apoio-atualização_1524x200_lp-atualização.jpg (122 KB)

REFERÊNCIAS:

1. CFF. CONCELHO FEDERAL DE FARMÁCIA. Resolução nº 514, de 25 de novembro de 2009. Disponível em

2. CRF-PR. Concelho Regional de Farmácia da Paraíba. Grupos Técnicos de Trabalho – Análises Clínicas. Disponível em: < https://crf-pr.org.br/site/comissao/visualizar/id/4/Analises-Clinicas>

3. ICTQ. INSTITUTO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E QUALIDADE. A Carreira do Farmacêutico Bioquímico. Disponível em < https://www.ictq.com.br/guia-de-carreiras/504-farmaceutico-bioquimico>

4. PORTAL DA EDUCAÇÃO. Farmacêutico em Análises Clínicas. Disponível em

Cadastre-se para ter acesso personalizado ao conteúdo completo da Sanar.
Cadastre-se para ter acesso personalizado ao conteúdo completo da Sanar.