Todas as Áreas

Carreiras

A atuação do Cirurgião Dentista no ambiente hospitalar.

A atuação do Cirurgião Dentista no ambiente hospitalar.

Muitas são as áreas da Odontologia atualmente, e uma delas é a Odontologia Hospitalar. O trabalho dos cirurgiões dentistas é respaldado pela resolução 163/2015 do Conselho Federal de Odontologia, que reconhece o exercício da Odontologia Hospitalar pelos Cirurgiões Dentistas.

Segundo a resolução, o dentista pode atuar com pacientes que apresentem necessidades de atendimento em ambiente hospitalar, internados ou em assistência domiciliar. Dentro do ambiente hospitalar, o profissional participa de uma equipe multidisciplinar; deve ter conhecimentos sobre a dinâmica do ambiente institucional, saber atuar em casos de emergências médicas e ter profundo conhecimento sobre a área em que atua. Isso significa que conhecimentos como farmacologia, patologia, estomatologia, cirurgia e muitas vezes algumas áreas que não fazem parte do dia a dia de muitos de nós, são fundamentais.

Por que isso é importante?

Porque significa saber lidar com pacientes com deficiências físicas e intelectuais, doenças sistêmicas crônicas, doenças infectocontagiosas, pacientes que apresentem condições de saúde comprometidas, como pacientes irradiados, transplantados, oncológicos, gestantes de alto risco e pacientes imunocomprometidos.
A atuação é tão ampla, que precisaríamos escrever um livro sobre isso, mas esse não é o intuito desse texto.
A intenção é explanar sobre a área de atuação, num contexto geral e mostrar o quanto essa área pode ser apaixonante.

Vamos tomar por exemplo pacientes que precisam se submeter a procedimentos, que podem necessitar de internação em unidade de terapia intensiva. Quando internados, alguns pacientes apresentam um risco maior de desenvolver quadros de pneumonia, que é agravado, quando se somam fatores como diminuição de fluxo salivar, capacidade de higienização e controle da microbiota oral. Este fato é importante principalmente em pacientes internados que estão fazendo uso de ventilação mecânica. Os casos de pneumonia associadas a ventilação mecânica são grandes quando não se tem os cuidados essenciais com a saúde oral.

Sabemos que a doença periodontal está diretamente ligada a problemas sistêmicos graves e importantes, e que seus principais fatores etiológicos incluem bactérias colonizadoras e oportunistas da cavidade oral. Esses patógenos são diferentes em indivíduos saudáveis, que apresentam dominância de bactérias gram positivas, e indivíduos com saúde comprometida, que apresentam dominância de gram negativos, originando uma flora bucal mais agressiva, e essas bactérias ficam depositadas no biofilme dental, língua e tubo do
respirador artificial.

Diversos estudos mostram a eficácia da descontaminação oral como medidas preventivas, diminuindo o número de casos de pneumonia, a quantidade de dias de internação e o custo dessas internações.

A participação de um cirurgião dentista na equipe multidisciplinar, dentro de um ambiente hospitalar é de extrema importância, só ele pode avaliar e intervir na saúde bucal dos pacientes, mantendo-a dentro dos melhores padrões de higiene e descontaminação de focos infecciosos.

Essa é apenas uma das áreas de atuação do cirurgião dentista na Odontologia Hospitalar. Podemos atuar ainda com Odontologia Oncológica, ajudando no tratamento de mucosites orais. Em Home Care, no atendimento dos pacientes geriátricos. Auxiliar pacientes gestantes de alto risco, pacientes cardiopatas e todos que apresentem necessidade de atendimento mais assistido.

A Odontologia é uma ciência fascinante e pode ser ainda mais interessante quando levamos amor naquilo que fazemos. Não podemos esquecer que trabalhamos com o ser humano como um todo, por isso a Odontologia Hospitalar é tão importante.

Referências Bibliográficas:

1. Silveira,I.R; Maia,F.O.M;Gnatta,J.R;Lacerda,R.A. Higiene Bucal : pratica relevante na prevenção de pneumonia hospitalar em pacientes de estado critico. Acta Paul Enferm.2015

2. Londe, P.L; Ferreira,A.J,Novaes,L,F;Barbosa,R,S;Miranda,A.F. Pneumonia Nosocominal e sua relação com a saúde bucal. Revista Ciências e odontologia V.1 n.1 2017

3. Franco,J.B ;Jales,S.M.C; Zamboni,C.E; Fujarra,F.J.C; Ortegosa,M.V; Guardieiro,P.F.R; Matias,D.T; Peres,M.P.S.M. Higiene Bucal para pacientes entubados sob ventilação mecânica assistida na unidade de terapia intensiva : proposta de protocolo. Arquivos Médicos dos Hospitais e da Faculdade de ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo. http://arquivosmedicos.fcmsantacasasp.edu.br/index.php/AMCSP/article/view/196

4. Amaral,S.M; Cortês,A.Q;Pires,F.R. Pneumonia nosocomial: Importância o microambiente oral. Artigo de Revisão, Jornal Brasileiro de Pneumologia V.35,n.11, nov.2009. www.jornaldepneumologia.com.br

Cadastre-se para ter acesso personalizado ao conteúdo completo da Sanar.
Cadastre-se para ter acesso personalizado ao conteúdo completo da Sanar.