Todas as Áreas

Carreiras

Aprendendo uma língua estrangeira na faculdade de odontologia

Aprendendo uma língua estrangeira na faculdade de odontologia

Sabe aquela informação que saiu na revista odontológica mais atual sobre determinado assunto? Sabe aquele professor internacional que vai dar uma palestra sobre o assunto que você mais gosta?

Sabe o que eles (geralmente) tem em comum?

Ambos se comunicam através de uma língua estrangeira.

Dessa forma, aprender um idioma (ou dois… ou três) se torna cada vez mais importante.

E aqui vou te dar algumas dicas de como aprender o inglês e algumas que funcionaram pra mim, mas você pode aplicar para outros idiomas também.

Cursos presenciais de inglês

Foi o que mais fiz durante esses anos. E te afirmo: demora um tempo até você encontrar um curso que te agrade, que realmente seja comprometido com o ensino e que tenha uma didática satisfatória. Mas não desista. É uma ótima forma de você ter contato com a gramática, vocabulário e conversação.

Podcasts em inglês

Escutar podcasts no carro, ônibus ou naquela fila interminável ajuda você a treinar o ouvido: como os nativos falam, a pronúncia de cada palavra, a entonação das sílabas, as pausas nas frases, o tom das perguntas. Assim você se familiariza com a língua.

English Experts Podcast – O “English Experts” fala osbre diversos temas que envolvem o aprendizado de idiomas. Com ele você consegue conhecer novas expressões e gírias, técnicas para ampliar o vocabulário, entre outros assuntos. É uma ótima opção para iniciantes, uma vez que os conteúdos são gravados por locutores brasileiros, o que é ótimo pra quem ainda não domina o idioma.

Podcasts in English – O mais legal desse podcast é que possui uma grande variedade de episódios de diferentes níveis de inglês e costumam tratar de temas divertidos. Os episódios são bem curtos, o que é uma ótima oportunidade pra quem tem pouco tempo disponível.

Aplicativos para aprender idiomas estrangeiros

Duolingo – Pra mim, é um dos melhores aplicativos pra isso. A melhor parte é que ele ensina você através de exercícios, em vez de ensiná-lo lendo ou assistindo.

Com uma plataforma bem intuitiva, o aplicativo fornece um conhecimento básico de palavras, gramática e pronúncia. A única coisa que você não consegue ter acesso é a prática real de conversação. Fazendo 10 minutos por dia você vai: 1) aprender uma nova gramática e vocabulário ou 2) reforçar as palavras que você já conhece. E está disponível online ou como aplicativo para smartphone.

Memrise – É outro aplicativo muito bom. Apesar de preferir o Duolingo. Mas, recomendo conferir cada um pra ver qual estilo você gosta mais.

Anki – Caso você conheça a técnica de estudo através de flash cards, esse aplicativo se torna bastante interessante pra quem quer aprender inglês.

Assista a programas de TV

Você pode encontrar programas de TV em inglês (ou séries e filmes) na Netflix. Há váááários!

Dê preferência por assistir em inglês com legendas em inglês (mas comece devagar hehehe). Você vai ficar surpreso com quantas palavras seu cérebro conseguirá lembrar quando estiver assistindo a uma história enquanto lê as palavras em inglês. Se ficar muito difícil, tente desenhos animados ou programas de TV infantis. Eles tendem a ter palavras, frases e histórias mais simples que você pode acompanhar melhor.

Se você precisar, pode mudar para legendas em português, mas lembre-se de que é muito mais fácil ficar lendo só o português e esquecer totalmente de ouvir o inglês!

Viaje!

Se tiver oportunidade, viaje para lugares de língua inglesa. Isso ajuda bastante, mesmo que seja por pouco tempo. Estar imerso no idioma (especialmente em lugares que não falam português) é muito útil. Você ficará surpreso com a adaptabilidade do cérebro humano.

Encontre pessoas para conversar (em inglês, claro)

Ainda tenho que tentar isso, confesso. Primeiramente, porque meu tempo é bastante ocupado e por ser bastante tímida. Mas existem sites que você pode encontrar pessoas e praticar a língua estrangeira uma com a outra, como o Cambly.

Em suma, não sou fluente (gostaria, inclusive). Mas é o que geralmente faço por anos para tentar acompanhar e melhorar meu inglês. Se você tiver mais alguma dica ou sugestão, pode colocar aqui nos comentários!

Matérias Relacionadas:

Cadastre-se para ter acesso personalizado ao conteúdo completo da Sanar.
Cadastre-se para ter acesso personalizado ao conteúdo completo da Sanar.