Logo Sanar

Carreiras

Malformações dentárias em pacientes pediátricos submetidos à quimioterapia e radioterapia

Malformações dentárias em pacientes pediátricos submetidos à quimioterapia e radioterapia.jpg (89 KB)

PALAVRAS-CHAVE: Malformação Dentária, Odontopediatria, Radioterapia, Quimioterapia. 

As complicações orais associadas com a terapia do câncer em geral são: estomatite, mucosite e xerostomia. Em tratamentos com quimioterapia e radioterapia a atividade celular é colocada em risco, bem como a formação de colágeno e capacidade curativa de lesão. O fluxo de sangue diminui, logo as células de defesa e nutrientes também, assim toda a estrutura dos ossos maxilar e mandibular sofrem degeneração. A radiação também diminui a atividade osteoblástica e osteocística.

Estudos mostram evidências de que tais tratamentos realizados em pacientes pediátricos causam danos ainda maiores, visto que os elementos dentários ainda estão em processo de formação, onde a atividade celular deve ser mais intensa. Os efeitos adversos podem apresentar-se depois de meses ou anos após o tratamento, afetam tecidos de maior especificidade como músculos e ossos, bem como alteração na formação dos dentes.

Estudos revelam que 82% dos pacientes pediátricos irradiados na região de cabeça e pescoço apresentam anormalidades no desenvolvimento dos elementos dentários, sendo mais prevalentes: encurtamento e embotamento das raízes, calcificação incompleta, fechamento prematuro dos ápices, atraso no desenvolvimento e cárie.

A malformação dentária na forma denominada de microdontia foi a mais frequente em pacientes que tiveram diagnóstico antes dos 5 anos de idade. Em contrapartida, encurtamento radicular de III grau foi mais frequente em pacientes com mais de 10 anos de idade, ambos com diferenças relevantes. Os pacientes tratados com radioterapia associada à quimioterapia apresentam maior frequência de anormalidades dentárias, comparando aos que foram tratados com radioterapia ou quimioterapia isoladamente.

criança em tratamento.png (47 KB)

Matérias Relacionadas:

Referências

1- Hoogeveen, Reinier C., et al. "An overview of radiological manifestations of acquired dental developmental disturbances in paediatric head and neck cancer survivors." Dentomaxillofacial Radiology 49.3 (2020): 20190275.

2- Demasi, Ornella Florio. Anormalidades dentárias em crianças submetidas a tratamento antineoplásico para neoplasias do sistema nervoso central. Diss. Universidade de São Paulo, 2015.

3- Quispe, Reyna Aguilar. Estudos dos efeitos tardios do tratamento antineoplásico sobre as estruturas dentárias e ósseas na infância. Diss. Universidade de São Paulo.

Cadastre-se para ter acesso personalizado ao conteúdo completo da Sanar.