Todas as Áreas

Carreiras

Um bom marketing, um melhor dentista

Um bom marketing, um melhor dentista

Quem nunca escutou a velha frase “propaganda é a alma do negócio” ? No mundo atual, ela vem se fazendo cada dia mais presente. Agora, não mais a “propaganda” e, sim, o “marketing” vem sendo indispensável em todas as áreas de trabalho. Na Odontologia não é diferente: cada vez mais compreendemos que ele pode ser benéfico tanto para o dentista quanto para o paciente.

Panfletos e cartões de visita, apesar de ainda serem utilizados por alguns profissionais, já não são os maiores responsáveis por captar pacientes para os consultórios e clínicas. Com o avanço das mídias sociais (Facebook, Instagram, LinkedIn, Twitter,…), o marketing odontológico exposto por elas consegue esclarecer dúvidas, demonstrar casos e procedimentos a outros profissionais e, assim, facilitar a comunicação com o paciente e divulgação da marca do profissional, a famosa propaganda “boca a boca”.

Dentro do marketing existe, ainda, o marketing digital, o qual permite a visualização em forma de números, dados e estatísticas da sua propaganda. Ter acesso a quantidade de pessoas que visitaram sua marca, saber o sexo, gênero e localização mais atingidos facilita, e muito, seu trabalho. Com ele podemos saber até a hora que o conteúdo deve ser divulgado para obter mais retorno.

O dentista que já está inserido no mercado de trabalho se depara, muitas vezes, com uma grande concorrência e a necessidade de se diferenciar para conquistar o cliente. É, então, nessa demanda que o marketing odontológico vai atuar.
Além disso, a publicidade em dia também é um método de fidelizar clientes, diminuindo a evasão e mantendo o fluxo constante na clínica.

Hoje, o marketing pode ser visto como um poderoso aliado, uma vez que ajuda o dentista a se destacar, colocando-o em evidência para um grande número de pessoas. Se você acompanha as redes sociais, certamente conhece alguns dentistas
de destaque que investem nessa ferramenta e colhem bons frutos.

O marketing odontológico beneficia não só o dentista. Através dele, o paciente pode conhecer melhor o profissional que o atenderá e constrói uma ideia do dentista antes mesmo de entrar no consultório. O marketing de conteúdo permite que,
inicialmente, o profissional sane as principais dúvidas que o paciente tem sobre a área de odontologia e, então o paciente veja no dentista um profissional de referência, conferindo valor ao consultório.

O profissional pode escolher entre ele mesmo gerar seu conteúdo ou investir em alguma agência especializada em marketing. Para ambos os caminhos, ele precisa definir o seu público alvo, ter em mente quem estará em contato com seu material. E, a partir disso, procurar esclarecer queixas e dúvidas com uma linguagem apropriada.

No entanto, nem tudo são flores. Infelizmente essa área ainda não é rotineiramente ensinada nas faculdades de Odontologia. Por isso, devemos conhecer os erros comuns de marketing e ficarmos mais alerta os evitando no planejamento.

Se você estabeleceu que seu público alvo é o paciente, um dos grandes erros é manter o linguajar técnico. Ele pode não entender o que você está tentando passar, abandonar seu veículo e procurar por outros. Assim como falar das características dos procedimentos e não de seus benefícios, o que não é de interesse do paciente.

Outra questão importante é: como fazer marketing odontológico de forma ética? O Código de Ética Odontológica é o documento que regula os direitos e deveres em relação ao marketing odontológico. Nele encontramos como situações passíveis de punição:

  •  Propagandas de descontos, configurando concorrência desleal;
  • Crítica a técnicas utilizadas por outros dentistas ou profissionais da saúde;
  • Menção a especialidades que o profissional não tenha;
  • Oferecer prêmios ou brindes;
  • Informar dados de pacientes;
  • Divulgar preço e formas de tratamento.

É bom estar sempre atualizado em relação a essas situações.

Com tudo isso, podemos concluir que  investir em marketing odontológico pode alavancar o seu negócio. É um caminho sem volta. O profissional que se mostrar resistente e não se atualizar acabará ficando para trás e perdendo muitas oportunidades. Apenas o conhecimento técnico em odontologia, hoje, não tem sido suficiente para garantir uma cartela repleta de pacientes, sendo necessário, também, ter habilidades de um empreendedor.

Referências:

https://www.google.com/amp/s/resultadosdigitais.com.br/blog/marketing-digital-para-dentistas/amp

https://blog.sinimplantsystem.com.br/guia-completo-sobre-marketing-odontologico-tudo-que-voce-precisa-saber/

https://www.google.com/amp/s/blog.imedicina.com.br/marketing-odontologico/

https://empreendadentista.com.br/2017/06/21/dicas-marketing-odontologico-adequado/

https://www.google.com/amp/s/santeconsulting.com.br/marketing-odontologico-o-que-pode-e-nao-pode/amp/

https://www.revodontolunesp.com.br/article/588018467f8c9d0a098b4b4f

http://revodonto.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1984-56852011000200015

Cadastre-se para ter acesso personalizado ao conteúdo completo da Sanar.
Cadastre-se para ter acesso personalizado ao conteúdo completo da Sanar.