Logo Sanar

Carreiras

Como cuidar da saúde mental enquanto se prepara para a prova dos sonhos?

cuidado-saude-mental-preparacao-concursos-foto-siora-photography-unsplash.jpg (771 KB)

Estudar para concursos ou provas de residência é um percurso desafiador. É tipo tentar vestibular, mas com a pressão de ser encarada uma escolha mais consciente e amadurecida do que aquela que foi feita logo após o colegial. Ou seja: é a escolha da sua vida, que vai determinar quão bem sucedida será sua carreira.

Tem um quê de exagero no que acabamos de falar. E é justamente o que nossa mente tende a fazer: potencializar tudo. Inclusive, o desespero. 

Por causa disso,a psicoterapeuta cognitiva Daniella Montal menciona a necessidade de serem desenvolvidas capacidades necessárias para esse período de preparação. Uma delas é a inteligência emocional, que permite o gerenciamento e a compreensão dos nossos próprios sentimentos. 

A resiliência, outra capacidade, permite adaptação a diferentes emoções, sem qualquer dano psicólogico. É como se você estivesse se preparando muito com um conteúdo programático específico até que a banca realizadora do certame inclui outros assuntos. 

Tenso, não é?! Mas com autoconfiança, a capacidade de reconhecer suas potencialidades e capacidades, você percebe que consegue tirar de letra qualquer novidade que surja no caminho. 

Na teoria é fácil, você deve pensar. E na prática? 

Para te ajudar nisso, separamos algumas dicas pra você cuidar da sua saúde mental enquanto se prepara para a tão esperada prova. Acompanhe!


CONHEÇA 9 MÉTODOS INFALÍVEIS DE ESTUDO PARA CONCURSOS E RESIDÊNCIAS EM SAÚDE


 

Defina uma rotina diária

Saber o que estudar em cada momento do dia vai te ajudar a perceber sua produtividade. Pegue um quadro ou um papel, deixe em local visível e separe por dia da semana e turnos. Preencha os espaços com as atividades que você sabe que dará conta. Tente elaborar uma rotina factível para a sua realidade, de modo que ao final do dia você mande ao seu cérebro a mensagem de que conseguiu dar conta do que se propôs.

 

Se concentre em uma atividade por vez

Estudar uma coisa pensando em outra pode atrapalhar mais do que ajudar. Pensando nisso, se concentre na atividade que você estiver realizando naquele momento. Isso vale também para os momentos de descanso.

Momentos como esse são importantes para desanuviar a mente. Sendo assim, separe um dia na semana só para o lazer, e faça atividades que te divirtam e te distraiam da tensão provocada pela rotina de estudos.


CONFIRA 12 SÉRIES E FILMES PARA VOCÊ SE DIVERTIR E APRENDER!


 

Faça atividades físicas

Uma hora ao dia de atividade física pode ser suficiente para oxigenar seu cérebro. Além de benefícios para a saúde, movimentar o corpo aumenta a produção de endorfina no cérebro, o que proporciona sensação de bem estar e reduz a ansiedade comum ao momento. 

 

Aceite suas particularidades

Autoconhecimento é um fator importante até mesmo para você se preparar para a prova tão esperada. Sabendo exatamente quem você é, será possível identificar suas reais necessidades e quais questões precisam ser resolvidas. Tem dificuldade em admitir que não está assimilando tanto assim um conteúdo? Não entende por que um método de aprendizado é mais produtivo do que outro? Conhecer a si mesmo pode ajudar.

E uma vez que você conhece bem a si mesmo, fica mais fácil evitar a comparação com o outro. Sai de cena o peso de ter o outro como parâmetro de aprendizado e aprovação, entra o respeito à sua forma e ao seu tempo de aprender

 

Cuidado com sua alimentação

Existem alimentos que podem te ajudar a potencializar seu aprendizado, mas também existem aqueles que liberam menos toxinas no corpo. A ingestão desses alimentos proporciona o aumento de nutrientes e, consequentemente, potencializa o desempenho cognitivo. Os peixes, por exemplo, são ótimas fontes de ômega-3 e, por atuar na massa cinzenta do cérebro, promove a comunicação entre as células nervosas, monitorando o humor, a concentração e a memória.


CONHEÇA OS ALIMENTOS QUE PODEM TE AJUDAR A ESTUDAR MELHOR! 


Concentre-se na respiração

Bateu nervoso com a prova? Acha que não vai conseguir respondê-la até o final ou não vai dar certo todo o esforço investido até aqui? Focar na sua respiração é um bom exercício para o caso de surgirem pensamentos assim, característicos da ansiedade.

Alguns exercícios de respiração podem ajudar a despertar a sensação de autocontrole. Por exemplo, você pode:

  • Inspirar pelas narinas em 3 tempos, com distensão do diafragma e dilatação do abdômen > prender o ar nos pulmões durante 3 tempos > expirar pela boca em 6 tempos
  • Inspirar pelas narinas em 4 tempos > prender a respiração em 7 tempos > expirar de forma audível pela boca em 8 tempos. Nesse caso, são necessários 4 ciclos de respiração

 

Já abriu espaço para a tranquilidade por aí?

 


ENCONTRE O QUE VOCÊ PRECISA PARA ESTUDAR!

rodape_blog-produtos~.jpg (354 KB)

 

Cadastre-se para ter acesso personalizado ao conteúdo completo da Sanar.