Logo Sanar

Carreiras

O controle motor possui funções essenciais, você sabia?

Controle motor e suas funções

O controle motor é definido como mecanismo responsável por produzir e controlar os movimentos. Os diversos sistemas do organismo humano, integrados, realizam tal processo.

O sistema nervoso humano se encarrega da execução de diversas funções por meio de suas subdivisões. O resultado de uma ou mais ações se dá devido à ação coordenada destas subdivisões.

Como centro da atenção da fisioterapia, o movimento é primordial para o ser humano. O conhecimento acurado sobre controle motor norteia a abordagem e o direcionamento clínico acerca da função e disfunção do movimento.

Funções do controle motor

A interação entre os sistemas corporais ocorre desde o nascimento. O movimento, essencial para o ser humano, garante o desenvolvimento das habilidades e estruturas corporais.

O controle motor atua gerando movimento controlado e a estabilização necessária para um movimento eficiente, por meio da ativação das cadeias cinéticas. Veja a seguir as principais funções do controle motor:

  • Controlar a contração dos músculos;
  • Controlar o momento de realização de um movimento;
  • Realizar ajustes corporais durante a preparação e realização dos movimentos;
  • Promover compensação dos membros;
  • Compensar a disposição mecânica dos músculos, ossos e articulações antes de iniciar o movimento.

De acordo com o modelo de Newell, o movimento surge da interação entre indivíduo (organismo), o ambiente em que os movimentos ocorrem e a tarefa. Quando ocorrem mudanças em qualquer um dos fatores, o movimento também muda.

Controle motor exercendo suas funções

As funções do controle motor ocorrem através do processo de captação e interpretação de informações, veja:

  • A informação sensorial é captada pelos receptores sensitivos;
  • Transmitida a regiões específicas e apropriadas do Sistema Nervoso Central;
  • No SNC é interpretada e traduzida em um programa motor apropriado;
  • Processos de feedback dirigem o movimento que tem início a partir da execução do programa motor e participação ativa dos músculos selecionados.

O sistema nervoso coordena as ações corporais voluntárias e involuntárias. Através da transmissão de sinais constitui uma rede de comunicação do organismo.

O fisioterapeuta e as funções do controle motor

Para o fisioterapeuta, a capacidade de analisar o movimento a partir do conhecimento acerca do controle motor e suas funções é pré-requisito essencial.

A reabilitação efetiva de pacientes com disfunções do movimento funcional requer do fisioterapeuta conhecimento sobre o funcionamento normal e anormal do sistema nervoso e de demais sistemas do organismo.

Dentre os parâmetros de avaliação da função motora estão o tônus, os reflexos, as reações e os estágios do controle motor.

 Desde a avaliação até a tomada de decisão sobre a intervenção, o profissional deve realizar abordagem específica com direcionamento objetivo e acurado para cada caso, baseando-se em evidências científicas e conhecimento atualizado.

Referências

Shumway-Cook A, Woollacott MH. Controle Motor: teorias e aplicações práticas. Barueri, SP: Manole; 2010.

Araujo AW et al. Controle motor fino em indivíduos institucionalizados. Rev Paul Pediatr. 2020;38:e2018377.

Cadastre-se para ter acesso personalizado ao conteúdo completo da Sanar.
Cadastre-se para ter acesso personalizado ao conteúdo completo da Sanar.