Todas as Áreas

Carreiras

Perito criminal: o que cai nas provas de Farmácia

Perito criminal: o que cai nas provas de Farmácia

Se preparando para os concursos para Perito Criminal? Saiba o que cai na prova de Farmácia neste concurso!! 

Aqui você vai encontrar as disciplinas mais recorrentes na prova de conhecimentos específicos, o estilo das bancas, além de questões para treinar e o que você precisa saber para começar a se preparar!

 

Como são as bancas?

As provas para perito são elaboradas por diversas bancas mas vamos falar sobre as bancas dos últimos grandes concursos para perito criminal. 

A banca do último concurso da Polícia Federal foi a CESPE:

A CESPE é uma das maiores bancas e também uma das mais temidas pelos concurseiros. 

Um grande diferencial dessa banca é que as questões, em geral, apresentam apenas duas alternativas: certo ou errado. Isso aumenta para 50% a chance de acerto, o que é um ponto positivo em relação às provas de múltipla escolha. 

Mas, por outro lado, não se pode usar as demais alternativas para comparar as opções de resposta e fazer um “chute” não é?!

Além disso, as questões têm um grau de complexidade maior, e muitas vezes são multidisciplinares e requerem mais conhecimento e atenção à interpretação do texto norteador.

É importante ficar atento à penalidade aplicada às questões erradas, a cada resposta errada há desconto em uma questão correta, por isso é comum que candidatos mais experientes deixem uma questão que não sabem em branco.

O último concurso da Polícia Civil do Rio de Janeiro (PC-RJ) foi elaborada pelo Instituto AOCP:

A AOCP é a banca organizadora de grande parte dos concursos para farmacêutico da EBSERH, por exemplo. 

As provas dessa banca contam com 5 alternativas em suas questões de múltipla escolha. As questões são mais diretas e menos complexas e geralmente cobram o conteúdo mais literalmente. Por isso, pode ser interessante incluir técnicas de memorização no cronograma de estudos. 

Quais são as disciplinas mais cobradas?

Analisamos centenas de questões dos últimos concursos para trazermos a recorrência das disciplinas de conhecimentos específicos na composição das provas:

Disciplinas mais cobradas:

  1. TOXICOLOGIA (20%)

  2. FARMACOLOGIA (18%)

  3. ANÁLISE INSTRUMENTAL (14%)

  4. BIOLOGIA (12%)

  5. FARMACOGNOSIA (8%)

  6. HEMATOLOGIA (7%)

As demais disciplinas que são responsáveis pelos outros 21% das provas são:

  • IMUNOLOGIA

  • MICROBIOLOGIA 

  • QUÍMICA

  • LEGISLAÇÃO FARMACÊUTICA 

  • FISIOLOGIA

  • BIOQUÍMICA

  • CONTROLE DE QUALIDADE

  • TECNOLOGIA FARMACÊUTICA

  • PARASITOLOGIA

Como os assuntos são cobrados?

É muito comum escutar que cada banca tem seu estilo e por isso precisamos estar atentos para criar estratégias adequados para o contexto de cada prova. 

Trouxemos alguns exemplos de questões de provas anteriores da AOCP e da CESPE:

 

Questões CESPE – Polícia Federal (2018)

Com referência a receptores farmacológicos e à sua classificação, julgue os itens seguintes. 

1) Os receptores acoplados à proteína G representam a classe mais abundante de receptores no corpo humano e são considerados receptores metabotrópicos. 

( ) CERTO

( ) ERRADO

Resposta: CERTO

2) Canais iônicos transmembrana podem ser considerados receptores farmacológicos. 

( ) CERTO

( ) ERRADO

Resposta: CERTO

3) Os receptores de glicocorticoides são classificados como receptores intracelulares.

( ) CERTO

( ) ERRADO

Resposta: ERRADO

 

Questões AOCP – Polícia Civil do Rio de Janeiro (2013)

1) No tratamento da intoxicação farmacológica a excreção de alguns fármacos pode ser acelerada por uma alcalinização ou acidificação da urina. Assinale a afirmativa que mostra qual fármaco abaixo é mais rapidamente excretado quando o pH urinário é alterado de 6,4 para 8,0. 

a) Salicilatos. 

b) Morfina. 

c) Anfetamina. 

d) Diazepam. 

e) Quinidina. 

Resposta: letra E

2) Um dos aspectos que garante a versatilidade da cromatografia com fase gasosa é a variedade de seus detectores. Indique, dentre as alternativas abaixo, aquela que apresenta detectores não destrutivos à amostra. 

a) Condutividade térmica e captura de elétrons. 

b) Condutividade térmica e ionização em chama. 

c) Captura de elétrons e ionização em chama. 

d) Termoiônico e ionização em chama. 

e) Termoiônico e condutividade térmica.

Resposta: letra C

3) A introdução de antipsicóticos atípicos trouxe como vantagem a pouca ação extrapiramidal quando comparados com os típicos. São representantes dos antipsicóticos atípicos usados na clínica: 

a) Perfenazina, risperidona e flufenazina. 

b) Tiotixeno, loxapina e molindona. 

c) Clozapina, quetiapina e olanzapina. 

d) Mesoridazina, tioridazina e tiotixeno. 

e) Iloperidona, anesapina e pimozida.

Resposta: letra B

 

Como se preparar?

Para você que já decidiu que será um(a) perito criminal concursado(a) agora é preciso entender qual caminho você tem pela frente. 

Um passo importantíssimo é a análise da sua realidade. É importante que você faça uma autoanálise, verifique:

  • Disponibilidade de tempo para estudar

  • Em que ponto você está no processo de preparação

  • Experiências prévias com outros concursos

  • Nível de conhecimento sobre os conteúdos específicos cobrados no concurso que você deseja.

Existem muitos conhecimentos que vão além dos conteúdos que são cobrados nas provas a exemplo de como estudar e esquematizar um edital, como se planejar, como estudar, como medir seu desempenho e estratégias para o dia da prova.

Após a sua análise, se você percebeu que tem pouco tempo para estudar, não se desespere, essa é a realidade de muitas pessoas que já foram aprovadas nos mais diversos concursos.

Então o mais importante é que você estude atentamente o EDITAL, construa um planejamento realista levando em conta o tempo até a prova e a sua rotina de estudos.

Para acelerar e otimizar a sua preparação a Sanar preparou o CURSO PREPARATÓRIO que você precisa para ser aprovado nos concursos para Perito Farmacêutico.

curso_perito-criminal_2020.jpg.png (839 KB)

Cadastre-se para ter acesso personalizado ao conteúdo completo da Sanar.
Cadastre-se para ter acesso personalizado ao conteúdo completo da Sanar.