Medicina Veterinária

Carreiras

Como criar um plano de carreira em Saúde e porque ele é importante

Como criar um plano de carreira em Saúde e porque ele é importante

Profissionalmente, como você se vê no futuro ? O que precisa fazer para chegar lá? Essas são só algumas das questões que você deve se perguntar na hora de planejar a sua vida profissional. Criar um plano de carreira ajuda muito. A seguir, vamos mostrar o caminho!

A cada ano aumenta o número de profissionais que chegam ao mercado de trabalho. A concorrência já virou rotina. E, também, são muitas as exigências para aquela vaga dos seus sonhos. 

Até aí, zero novidade. O que queremos trazer aqui, é a necessidade de você planejar o seu futuro o quanto antes. Sai na frente quem sabe onde quer chegar e o que fazer para trilhar o melhor caminho.

E é aí que entra o plano de carreira, que nada mais é do que um instrumento de direcionamento profissional. Mais do que isso, ele é uma estratégia cada vez mais usada por profissionais de Saúde. 

Se você quer impulsionar a sua carreira, experimente criar o seu. A seguir, vamos mostrar como!

Dê o próximo passo da sua carreira com a Sanar!

Plano de Carreira em  Saúde  

Em primeiro lugar, é preciso saber onde se quer chegar. Ser concursado? Ter um cargo de liderança? Trabalhar em um grande hospital em determinada especialidade? São várias as possibilidades.

O plano de carreira é indicado para qualquer pessoa que queira avançar na vida profissional. Ele é um planejamento estratégico que funciona como uma rota para você chegar aonde quiser.

Aos que ainda não sabem o que querem, uma boa notícia: ele pode ser o que você precisa para fazer os questionamentos certos e reconhecer o que é melhor para você. 

O importante é: comece!


Impulsione sua carreira com os melhores livros da Saúde!


Como criar um Plano de Carreira em Saúde 

Vamos ao passo a passo e, como você verá, as primeiras demandas dizem respeito sobre você saber quem é e quais são suas preferências. 

  1. Defina seus objetivos profissionais – e isso precisa englobar mais do que simplesmente a escolha de um cargo. 

Responder a perguntas como estas podem ajudar:

  • Onde quero chegar profissionalmente?
  • Que tipos de atividades quero fazer no meu dia a dia?
  • Em que ambiente quero trabalhar?
  • Como imagino a minha vida financeira no futuro?
  1. Pense também na rotina que você quer ter – afinal, não tem como querer ser um líder e ter uma rotina que não passe pela gestão de pessoas ou processos, numa entrega maior ao trabalho. E, sabemos, não tem como separar a vida profissional da vida pessoal. Por exemplo: se você não quer uma vida com muitas viagens, evite buscar trabalhos e posições que demandem isso. 

Responder a perguntas como estas podem ajudar:

  • Quero ser liderado ou prefiro gerir o meu próprio ritmo de trabalho?
  • Quero ter flexibilidade ou prefiro estabilidade?
  1. Identifique suas competências ou as que precisa desenvolver. Quando você reconhece os seus pontos fortes e sabe que pode contar com eles, facilita. Mas, se para determinada posição profissional for necessário desenvolver determinada competência, não perca tempo! Tenha de forma clara quais são elas e busque os caminhos para isso. Isso pode envolver cursos de atualização, uma especialização ou uma mentoria, por exemplo!
  2. Reconheça as soft skills que podem te favorecer e veja as que precisa desenvolver. É isso. Para além do conhecimento técnico e competências relacionadas à sua área do saber, sai na frente quem tem as chamadas soft skills. Elas são as habilidades comportamentais que podem ser definitivas para o seu sucesso. Podemos citar: facilidade no relacionamento interpessoal, comunicação assertiva, resiliência, mediação de conflitos, entre outras.
  3. Trace metas. Uma vez compreendido esse cenário acima, fica mais simples relacionar o que precisa ser feito para conquistar o seu lugar ao sol. 
  4. Desenvolva ações para curto, médio e longo prazo.  Se o que você quer é ser especialista em determinada área e trabalhar num hospital de renome,  uma das suas metas pode ser passar numa residência. Para tanto, quais ações precisam ser feitas? Isso, só para citar um exemplo.
  5. Invista em qualificação Afinal, seja qual for o seu objetivo profissional, só a qualificação pode te levar longe. Seja um profissional preparado para ocupar os melhores cargos quando eles aparecerem. Isso, dentro do seu contexto, claro. Conhecimento nunca é demais! Só fique atento na hora de escolher o curso e a instituição, ok? Sempre opte pelos reconhecidos pelo MEC no caso de graduações ou especializações. 
  6. Esteja em constante avaliação. Sempre retorne ao seu plano e para si mesmo em busca de avaliação. Estou no caminho certo? É isso mesmo que eu quero? Tenho me comprometido? Ou posso fazer mais? O plano pode ser adaptado, quando necessário. Afinal, sabemos que com o passar do tempo e novas  visões, nossos objetivos e nossas leituras de cenário podem ir mudando.
Dê o próximo passo da sua carreira com a Sanar!

Dicas para impulsionar o seu Plano de Carreira

Além de ter um plano de carreira bem definido, é preciso também fazer a sua parte para que ele saia do papel!

Contribuem para te levar mais longe profissionalmente:

  • Investir em networking, ou seja, criar e manter uma boa rede de contato
  • No caso de concursos ou residências, contar com materiais preparatórios de qualidade
  • Manter-se atualizado
  • Tenha disciplina e organização
  • Se inspirar em quem é referência para você
  • Ter tempo para descanso e lazer com amigos e família
  • Cuidar da sua saúde, claro!

Afinal, uma carreira bem-sucedida precisa englobar conceitos como bem-estar e qualidade de vida. Concorda?


Gostou desta matéria? Dê o próximo passo de sua carreira com os livros e cursos preparatórios da Sanar Saúde!

Dê o próximo passo da sua carreira com a Sanar!
Cadastre-se para ter acesso personalizado ao conteúdo completo da Sanar.
Cadastre-se para ter acesso personalizado ao conteúdo completo da Sanar.